A difícil tarefa de passar 1 semana sem Internet

Estive praticamente uma semana sem Internet. Eu não sabia que eu precisava tanto estar online viu. Senti uma falta tremenda de ler emails, ver notícias, falar com a familia, etc. Enfim, acho que preciso fazer isso mais, já que minha vida não é virtual.

Comentei a algum tempo atrás de um Instituto de Telecomunicações em Portugal que estava trabalhando com mobilidade, computação móvel, etc. Pois bem, aqui estou. Passarei 3 meses aqui participando de um projeto chamado Daidalos. Minha meta é testar um roaming entre uma rede Wi-Fi e uma rede Wi-Max, já que eles tem todo o ambiente aqui para testes. Farei usando VoIp.

Agora mesmo estou no McDonalds, usando a rede sem fio deles, que por sinal, é muito boa e muito rápida, e claro, é grátis. Em breve colocarei coisas interessantes daqui de Portugal.

Meus comentários da Mobile World Congress em Barcelona

mobileworldcongress-3855.jpg 

Fala pessoal. Depois de tanto tempo inativo, aqui estou de volta. Entre viagens ao Brasil de férias e complicações normais de um doutorado, volto a publicar um post para comentar minhas impressões da feira Mobile World Congress, que está sendo realizada em Barcelona, entre os dias 11 a 14 de fevereiro de 2008.

Vamos por partes, já que tem muita coisa para falar. Primeiro, encontrar um hotel em Barcelona um mês antes do evento já era tarefa praticamente impossível. É impressionante como todos (todos mesmo) os hotéis de Barcelona estão cheios. Fui parar em um hotel a 50km da cidade, onde também tinha um monte de gente do congresso.

Pra quem não conhece o congresso, vou dar uma visão geral. O Mobile World Congress, antigamente chamado de 3GSM Congress, reúne mais de 100 mil profissionais do mundo todo, para discutir e mostras as últimas tendências em comunicação móvel.  Ao andar na feira, mais de 95% dos visitantes estão de terno e o idioma oficial é o inglês. O dinheiro rola solto ali na feira viu. Só tem chefão e alto executivo de empresas como Ericson, Yahoo, Microsoft, Nokia, Samsung, etc. Todo mundo de Mecedez blindada e muita festa privada regada a champagne.

Qual o tema mais falado da feira?
Ao andar 2 dias inteiros pela feira, 2 assuntos chamam mais a atenção: Wimax e femtocell. Na feira tinha muito Wimax, mas muito mesmo.  Sobre Wimax, tinha bastante fabricante e o maior stand era o da Intel que aposta tudo por essa tecnologia. Tinha muito fabricante de antenas, ERBs e também de USB Wimax. Mas o maior desejo de todos foi por esse aparelhinho ai abaixo.

nokian96.jpg

Sem sombra de dúvida, o stand mais visitado e mais cheio da feira era o da Nokia, que aproveitou a ocasião para lançar o N96. Que celular, meu Deus.  O celular dispensa comentários.  Ele têm GPS, câmera de 5 Mp, Wifi, Bluetooth, USB, saída para TV eo melhor de tudo, 16 GB de memória interna, além de ter um slot para adicionar chips microSD. Ah, o celular também vem com sintonizador de televisão digital que aqui na Espanha é gratuito. Em resumo, ele é bem mais fino do que o Nokia N95 8GB além de ter um acabamento mais brilhante que o seu antecessor. Preço? 550 euros foi o que disse o cara que me mostrou o telefone.

Alguém deve estar perguntando: e o Iphone? Simplesmente não tinha nenhum stand da Apple. O únicos Iphones que tinham estavam nos stands das operadoras e na mão dos visitantes.

Na feira tem também tinha uns 40 celulares diferentes com a tecnologia TouchScreen, a tecnologia do Iphone. Também tinha bastante stand de companhias chinesas, indianas e coreanas. Os caras vão invadir o mundo mesmo viu.

É possível passar o dia todo na feira sem gastar nenhum centavo já que as grandes companhias servem cocktail o dia todo. Tem cafè, refrigerante, salgados, sucos, cerveja, vinho, etc. Isso de manhã e a tarde. No finalzinho do dia, começam os happy hours e ai a galera se anima. De noite, você têm a difícil tarefa de escolher entre 15 ou mais festas privadas das grandes empresas. Ao conversar com algumas pessoas nas festas, pode-se notar que muitos contratos, parcerias, vendas e acordos são feitos ali mesmos, entre um drink e outro.

Para quem quiser, já faço o convite para o ano de 2009, porque lá estarei novamente, se Deus quiser.

O Wimax corre o risco de não sair do papel

vodafone.gifO Wimax veio para ficar. Todo mundo só fala nele, tudo é bonito, tudo é rápido, tudo é perfeito. A teoria é fantástica mas a prática é decepcionante. De acordo com o Forum Wimax, hoje são 522 empresas que estão trabalhando no projeto de colocar o Wimax na vida real dos usuários, mas a figurinha ao lado pode ser o grande vilão do Wimax. Do que estamos falando?

Estamos falando da tecnologia 3G, que permite navegar na Internet a taxas de 7.2 Mbps. Isso mesmo. A algum tempo atrás eu coloquei a notícia de que a Telefônica Espanha tinha lançado esse modem 3G que permite navegar a essa velocidade. A tecnologia 3G permite você navegar na Internet onde tenha cobertura celular, ou seja, praticamente em todos os lugares. Utilizando a tecnologia HSPDA (para quem não conhece, vale a pena dar uma olhada) podemos chegar a 42 Mbps de velocidade de transmissão. Basta plugar o modem que tá na figura ao lado e sair navegando.

Bom, o Wimax na teoria permite taxas de até 300 Mbps. Só que o grande problema é instalar antenas, torres e equipamentos Wimax para ter uma cobertura igual a de uma rede 3G. As operadoras não vão fazer isso. O custo é altíssimo. As operadoras estão rindo á toa aqui na Europa com o 3G. Tráfego 3G é caro, mas a galera tá que usa, devido a comodidade.

Sabemos que já existem redes Wimax funcionando, mas não conheço ninguém que tenha uma placa Wimax e que pague por utilizar esse serviço. Resumindo, 3G infelizmente vai fazer com que o Wimax desapareça do mapa em breve, antes mesmo de entrar no mercado.

O Brasil está longe de ser um país sem fio

Recém chegado ao Brasil (dá pra notar né, já que tem bastante tempo que não escrevo nada), vejo um pequeno abismo entre a disponobilidade de redes sem fio na Europa e no Brasil. Entretanto, esse abismo é interessante. Na Europa, existem muitas redes sem fio, e o conceito de Wifi está totalmente disseminado na sociedade e praticamente todas as residências que têm ADSL, têm um modem sem fio. No Brasil, vi pouquíssima rede sem fio doméstica, a maioria que vi foi de empresas ou do governo no caso da cidade de Brasília.

O interessante de tudo é: praticamente todas as redes sem fio que encontrei no Brasil, estão com o WEP/WPA habilitado. Na Europa, ainda existe bastante rede aberta, o que é bom “pra gente”  e ruim para o dono da rede sem fio. Diante desse cenário, fui a um lugar que jurava que teria Wifi grátis. O tão conhecido e famoso McDonalds. E por incrível que pareça, os McDonalds que visitei em Brasília e Goiânia têm Internet, mas não tem rede sem fio. A Internet é disponibilizada aos clientes através de terminais fixos. Mobilidade zero!

Outro fato que me chamou muito a atenção, aconteceu quando fui no prédio da minha irmã. Rede Wimax de alta velocidade. Logo perguntei: mas como assim? Uma plaquinha no elevador falando que o prédio inteiro tinha cobertura Wimax de altíssima velocidade, transferência ilimitada, sem taxa de inscrição, etc….

Liguei para perguntar como funcionava e um cidadão que atendeu o telefone não soube explicar qual era o fabricante dos equipamentos e nem como funcionava de verdade a rede sem fio Wimax. Ele só sabia que chegava Internet no prédio. Pedi para falar com um técnico e ele disse que era o técnico. hehe!

Por fim, outra diferença grande entre Brasil e Europa é o que se refere a banda larga. Na Europa, tenho 3 Mbps em casa e 10 Mbps na faculdade. E isso é o básico. Tem planos de 20 Mbps e até de 50Mbps residencial. O tal técnico da empresa Wimax me disse que tinha pacotes de 150 Kbps (R$49,90), 300 Kbps (R$69,90) e 1 Mbps (R$199,00) por mês. Pra não ficar comparando tudo e achando que a tecnologia demora demais para evoluir no Brasil, fiquei muito feliz que o padrão 3G funcionará muito, muito em breve no Brasil.

Ao mesmo tempo que escrevo esse post, vejo em Blog Telecom, que o pessoal da Nokia conseguiu a incrível marca de 173 Mbps através do celular utilizando rede 4G. A tecnologia não pára e está cada dia mais difícil acompanhar-la

Qual o futuro da comunicação móvel?

nokian95.jpgTudo em Informática muda de uma noite para o dia e acontece o mesmo com o setor de telecomunicações. Pensando nisso, como será a comunicação móvel daqui 10 anos? É uma pergunta complicada. A 5 anos atrás, só usavamos o telefone para falar e mandar SMS. Hoje, podemos fazer praticamente tudo pelo celular: pagar contas, acessar mapas, fazer uma ligação :), etc.  E ano que vem, o que poderemos fazer com os celulares? Como serão os celulares?

Achei um vídeo legal no Youtube que mostra mais ou menos como será o futuro. O vídeo é de um Instituto de Telecomunicações da Faculdade de Aveiro, em Portugal. Os caras tem inúmeros projetos e todos focados em mobilidade. O vídeo tem duração de 10 minutos e está em português, de Portugal, o que é muito divertido. Vale a pena conferir.

Atualização: Aprovetei o feriado aqui em Madrid e fui a Portugal visitar o Instituto de Telecomunicações que mencionei acima. Fiquei impressionado o quanto eles estão avançado em algumas tecnologias. Quando se fala em Portugal, todo mundo pensa que ali não tem nada, que é o 3.mundo da Europa, etc. Mas no que se refere a tecnologia, propriamente a comunicação móvel, os caras não estão nada mal. Em uma conversa com o diretor do Instituto, Rui Aguiar, ele me contou várias coisas interessantes (que são confindenciais 🙂 ), que deve chegar ao mercado já em março de 2008. A convergência está mais perto do que todos imaginam. É ver pra crer.

O prazer de ter Wifi no telefone!

n80.jpg 

Vocês não podem imaginar como é bom ter Wi-fi no celular. Muita gente me pergunta pra que você quer navegar na Internet em um celular, sendo que você fica no escritório mais de 8 horas por dia na frente do computador. Bom, eu vejo muitos motivos e muitas vantagens de ter um celular com Wifi. Eu publiquei aqui no site as minhas primeiras impressões com o N80 (que tem Wifi). Podem ver aqui.

Voltando a falar do porque é bom ter wifi no celular. Primeiro, eu tenho Skype no celular. Posso falar a qualquer hora e sem pagar nada. Isso é uma maravilha. Além disso, tenho Gmail, também posso acessar qualquer conta de email pessoal, tenho Google Maps, etc.

 Bom, semana passada eu estava em Paris, de turismo :), afinal só trabalhar e estudar não dá certo. Estou com um mapa na mão que por incrivel que pareça, não tinha as estações do metrô, nunca tinha visto isso na minha vida. Eu não estava perdido, mas tinha que saber perfeitamente onde eu queria ir. Estava em um McDonalds, e aqui na Europa e acho que no Brasil também, todos os McDonalds têm Wifi gratuito. Enquanto como um Big Mac (aqui não existe McCheddar), acessei o Google Maps por Wifi e “pimba”.  Aproveitei a ocasião para falar com minha família no Brasil pelo Google Talk.

Tem outras inúmeras vantagens, que a qualquer hora você pode acessar sua caixa postal e ver algum informação no email como número do vôo, reserva do hotel, etc. E ainda tem a espera no aeroporto que fica bem mais “animada”.

Notebooks com Wimax chegarão antes do Natal 2007

wimax.jpgA notícia foi publicada no jornal El Pais. Segundo o diretor geral da Intel e presidente do Wimax Forum, Ron Resnick, computadores com wimax já estarão disponíveis ao mercado no final do ano, antes do Natal de 2007.

WiMax ensancha las fronteras del popular Wi-Fi hasta cubrir el área de una gran ciudad. Si WiFi permite, mediante ondas de radio y sin cables, conectarse a Internet a unas decenas de personas en un radio de 100 metros, WiMax multiplica los límites: una estación, con el respaldo de varias antenas, cubriría un radio de 50 kilómetros con una velocidad de transmisión de datos mucho mayor para miles de conexiones a la vez. En edificios con antenas en visión directa con la base, puede multiplicar por 20 la velocidad de la conexión fija a Internet más popular, el ADSL.”

A Intel confirmou na reunião do Wimax Forum, que foi celebrada aqui em Madrid no último mês de junho, que os próximos processadores Intel já sairão da fábrica com Wifi e Wimax. Além disso, Nokia, que também faz parte do grupo,  já está fabricando telefones celulares que tem 3G, Wi-Fi e WiMax.