Estou em um curso de redes sem fio

Olá pessoal, para não ficar muitos dias sem escrever um artigo, hoje começou um curso de verão aqui na Universidad Complutense de Madrid, do qual sou professor.  O curso é Administração de Redes Wifi e Wimax. Começou hoje, dia 04 de julho de 2007 e vai até dia 31 de julho, e é de 09:00 as 14:00, assim que não terei muito tempo para postar mensagens no Blog, mas tentarei sempre passar aqui uma vez por dia para deixar alguma mensagem interessante de Tecnologia.

E para os que quiserem perguntar algo de redes wireless, estou a disposição.

Como quebrar a senha WEP de uma rede wifi – Parte II

A um mês atrás, eu coloquei um post aqui ensinando como quebrar a senha WEP de uma rede sem fio. A notícia era uma compilação de várias fontes da Internet que também ensinavam a quebrar a senha. Entretanto, todos sabem que não é tão simples assim, já que temos que configurar o cartão wireless, instalar os softwares que nem sempre funcionam e claro caputar a quantidade certa de pacotes para decifrar a chave WEP.

Pois bem, como agora estou no meu intensivo para tirar a certificação CWNA (Certified Wireless Network Administrator), que é a certificação mais valorizada em redes sem fio, vou quebrar a senha WEP e fazer um video ensinando passo a passo. Já fiz isso uma vez mas não foi fácil. Agora tentarei mostrar onde todos nós erramos na hora de configurar o ambiente para quebrar a senha.

Atualização:

Quebrar a senha WEP é ao mesmo tempo fácil e difícil porque depende muito do tamanho da chave WEP e do tráfego que tenha a rede. Aqui vão os principais passos para quebrar a senha:

1 – Escolher a placa de rede sem fio adequada. Como vamos utilizar a placa em modo “monitor” ou “promiscuo”, a placa tem que ter a habilidade de capturar pacotes e também de gerar tráfego, o que nem todas fazem. Por isso, aconselho utilizar chipsets Atheros, que permitem fazer tudo. Ultimamente, os notebooks estão vindo com a placa de rede Intel Pro Wireless 3954 a/b/g. Com essa placa, também é possivel quebrar a senha WEP.

2 – O segundo passo é baixar os softwares que serão utilizados. Temos duas opções, baixar separadamente ou usar um kit que já tenha tudo. Eu prefiro utilizar um CD bootável que já vem com tudo pronto. O CD chama WifiSlax, que já vem com AirCrack-ng, Airodump-ng, Kismet e assistência para vários chipsets, que são os softwares utilzados para quebrar a senha.

3 -Dar o boot com o CD WifiSlax e o primeiro que tem que fazer é colocar a placa sem fio em “monitor mode”. Isso pode ser feito através do seguinte comando:

iwconfig “interface” essid any mode Monitor

4 – Uma vez que a placa já esteja em modo promíscuo, abrimos o Kismet para escolher a rede que queremos quebrar a chave WEP. Neste passo você tem que anotar o endereço MAC do ponto de acesso (AP), que também é conhecido como BBSID.

5 – Pronto, agora é rodar o airodump-ng e capturar pacotes. Se a senha WEP for de 64 bits, você vai necessitar de uns 25 mil “data”. Se a chave for de 128, ai 100 mil pacotes serão necessários. Caso a rede escolhida não tenha muito tráfego, você pode utilizar o software airreplay-ng que gera tráfego na rede.

6 – Após capturar esse tráfego, que nem sempre é fácil assim, rodar o aircrack-ng com o arquivo que capturou os pacotes e pimba. Por combinação, ele te mostrará a senha WEP.

Espero que tenha sido útil esse mini tutorial. Se tiverem dúvidas, podem perguntar que já fiz isso várias vezes e realmente funciona.

Forúm de Discussão de Certificação Wireless – CWNA

cwna.gif Atualmente, mantenho uma lista de discussão no Brasil para quem deseja obter a certificação CWNA (Certified Wireless Network Administrator). A certificação é a mais valorizada pelo mercado quando tratamos de tecnologia wireless. No grupo, já somos 100 pessoas, e entre elas está o Luiz Eduardo dos Santos, que é CWNE #21 e trabalha na Aruba Networks, uma das empresas de tecnologia mais importantes do mundoa, além de profissionais da Siemens, Nokia, Intel, universidades, etc.

Essa certificação é feita pela Planet 3 Wireless e atualmente temos 5 níveis de certificação:

Wireless# – nível mais básico de wireless
CWNA – Certified Wireless Network Administrator
CWSP – Certified Wireless Secutiry Professional
CWNE – Certified Wireless Network Expert
CWNT – Certified Wireless Network Training

A página inicial do grupo é http://br.groups.yahoo.com/group/cwna-br/. Entre e participe.

Quantos CWNA existem no Brasil?

cwna.gif Queria saber quantas pessoas no Brasil possuem a certificação CWNA (Certified Wireless Network Administrator) e não encontrei nada na Internet. Se alguém puder me ajudar, me mande um email que eu coloco a informação aqui no Blog.

Para aqueles que não sabem, essa certificação é a melhor que existe quando falamos de redes sem fio (wireless). É  certificação mais valorizada pelo mercado de trabalho.

Como quebrar a senha WEP de uma rede Wifi?

Fazendo uma rápida consulta no Google pela frase “How to crack wep”, tenho a incrivel resposta de 1.720.000 resultados possíveis, ou seja tem muita gente querendo saber como quebrar o WEP. Aqui nesse post, coloco algumas ferramentas que auxiliam e muito no processo de obtenção da chave.
Para Windows: atualmente, existem poucas ferramentas para Windows que fazem isso, por várias causas mas a principal delas é que é mais difícil capturar pacotes, e claro que para quebrar uma chave WEP, você tem que capturar cerca de 3 milhões de pacotes. Uma ferramenta que pode funcionar em Windows é a WepLab.
Se você tem um MAC e o kisMAC em mãos, assista este vídeo e veja como as redes wifi são simples de quebrar. Em menos de 10 minutos se pode obter a senha.
Já em Linux, tudo é mais fácil, através de vários ferramentas você pode obter a tão sonhada chave WEP. Algumas ferramentas que auxiliam e muito são: kismet, aircrack, wepcrack, weplab entre outras.
Lembrando que para quebrar uma senha WEP, sua placa de rede deve estar funcionando em modo promíscuo, ou seja, ela deve capturar paquetes de todos os tipos, de todos que estão em volta.
Coloco aqui tambem um artigo muito bom, mais que uma receita de bolo, em inglês.

Atualização:

Quebrar a senha WEP é ao mesmo tempo fácil e difícil porque depende muito do tamanho da chave WEP e do tráfego que tenha a rede. Aqui vão os principais passos para quebrar a senha:

1 – Escolher a placa de rede sem fio adequada. Como vamos utilizar a placa em modo “monitor” ou “promiscuo”, a placa tem que ter a habilidade de capturar pacotes e também de gerar tráfego, o que nem todas fazem. Por isso, aconselho utilizar chipsets Atheros, que permitem fazer tudo. Ultimamente, os notebooks estão vindo com a placa de rede Intel Pro Wireless 3954 a/b/g. Com essa placa, também é possivel quebrar a senha WEP.

2 – O segundo passo é baixar os softwares que serão utilizados. Temos duas opções, baixar separadamente ou usar um kit que já tenha tudo. Eu prefiro utilizar um CD bootável que já vem com tudo pronto. O CD chama WifiSlax, que já vem com AirCrack-ng, Airodump-ng, Kismet e assistência para vários chipsets, que são os softwares utilzados para quebrar a senha.

3 -Dar o boot com o CD WifiSlax e o primeiro que tem que fazer é colocar a placa sem fio em “monitor mode”. Isso pode ser feito através do seguinte comando:

iwconfig “interface” essid any mode Monitor

4 – Uma vez que a placa já esteja em modo promíscuo, abrimos o Kismet para escolher a rede que queremos quebrar a chave WEP. Neste passo você tem que anotar o endereço MAC do ponto de acesso (AP), que também é conhecido como BBSID.

5 – Pronto, agora é rodar o airodump-ng e capturar pacotes. Se a senha WEP for de 64 bits, você vai necessitar de uns 25 mil “data”. Se a chave for de 128, ai 100 mil pacotes serão necessários. Caso a rede escolhida não tenha muito tráfego, você pode utilizar o software airreplay-ng que gera tráfego na rede.

6 – Após capturar esse tráfego, que nem sempre é fácil assim, rodar o aircrack-ng com o arquivo que capturou os pacotes e pimba. Por combinação, ele te mostrará a senha WEP.

Espero que tenha sido útil esse mini tutorial. Se tiverem dúvidas, podem perguntar que já fiz isso várias vezes e realmente funciona.