Como ficar rico através da Internet?

money.jpgVocê recebeu o canudo da universidade após 4 ou 5 anos de estudos. Muita matemática, muita programação, pouca prática e muita babozeira. Agora você é um Cientista da Computação ou um Engenheiro da Computação. Ao entrar para o mundo dos informáticos, logo vem o desespero de criar algo e ficar rico. Muita gente já ficou rico criando coisas e você acha que será o próximo criador do YouTube ou Google da vida.

É impressionante como muita gente acha isso dos recém formados em Informática. Pensa que é só entrar em uma garagem e começar a programar algo que em 1 ano já poderá vender por milhões de dólares e aposentar. Calma gente, as coisas não funcionam assim. Aliás, funciona totalmente ao contrário. Quanto maior a pressa de criar algo e ficar rico, mais o dinheiro foge de você.

É muito ruim você formar e ter motivação de sobra para fazer algo e ver que o buraco é muito mais profundo do que você pensava. Eu nem sei quantos mil formam em Ciências da Computação por ano no Brasil, mas sei que uma boa parte dessas pessoas sonha em ficar rica já no primeiro ano. A pressão dos amigos, da sociedade e as vezes até da família faz você pensar: “Porque não criei isso antes?”, “Porque não pensei no Youtube antes?”, “Esse cara criou uma coisa tão besta, eu mesmo faria melhor”. É, a vida é assim, muitos querem mas poucos, muito poucos conseguem.

A verdade é que ficar rico em Informática criando algo inovador e que seja aceito mundialmente é praticamente nula se levamos em conta a quantidade de gente que forma em Informática no mundo todo. E ainda temos que competir com americanos e indianos que são verdadeiros nerds na Informática e nem dormem direito, tudo para ficar rico da noite pro dia.

Conheço um amigo que formou em Informática e desde então fica pensando 20 horas por dia em alguma aplicação ou software para ficar rico. Pensa o dia todo. Pensa, pensa! E nada! Já se passaram 4 anos desde que formou e o máximo que ele criou foi um organizador de fotos online, tipo Flickr do Yahoo. No fim, só ele, eu e mais dois amigos usaram o sistema, por uma semana, depois o mesmo foi abandonado.

Sonhar é bom, sonhar em ficar rico é melhor ainda mas ser um criador do Youtube ou Google da vida não é fácil. Não sou pessimista mas acho que gastar energias para ficar pensando o dia todo em algo inovador é perda de tempo. Algo novo não surge assim do nada, surge quando você está fazendo outra coisa e necessita de algo que não existe. Exemplo: a 10 anos atrás se alguém quisesse comprar um carro tinha que sair á rua para comprar. Alguém viu a necessidade de que ter um classificados online seria uma boa. Então surgiu Webmotors e outros a fim de cubrir as necessidades básicas dos usuários. Pergunta, o cara do Webmotors está rico?  Quantos anos de mercado ele já tem? Quanto ele desembolsou e quanto ele já teve de lucro em sua existência?

Agorinha eu li o depoimento do cara que criou o FON, a maior comunidade do mundo em compartilhar redes Wi-Fi. Leiam a notícia dele e vejam. Nos primeiros anos de empresa, Martin, o criador, teve perdas de 2 millhões de euros mensais até alcançar o break-even, que será no ano de 2008. Mas quem está de fora pensa. “Nossa, o cara já tem mais de 500 mil foneras espalhadas em todo o mundo. Deve estar ganhando rios de dinheiro.” Ver do lado de fora é fácil.

Criar uma start-up em Informática é bastante difícil. A bolha já estourou uma vez em 2000 e seguramente vai estourar de novo muito em breve com projetos web 2.0 que não agregram nada, não tem modelos de negócios e são criados por pessoas que querem enriquecer da noite para o dia.

Portanto, se você quer ficar rico através da Internet, não fique pensando 24 horas por dia em criar algo. Trabalhe, trabalhe muito, porque o único lugar que dinheiro vem antes de trabalho é no dicionário.

PS: Você tem vários amigos formados em Informática. Algum deles é milionário?

Depois de 3 meses em mãos, o N95 8GB é um desastre total

n958gb.jpg Não tem a menor explicação de como uma companhia respeitada mundialmente e que domina completamente o mercado de celulares em todo o mundo, é capaz de lançar um celular com tantos problemas como o Nokia N95 8GB. Já faz praticamente 3 meses que comprei o N95 8GB. Coloquei uma notícia vislumbrando o aparelho, mas…

Bom, um resumex sempre vale a pena. O N95 8GB é 3G, tem câmera de 5 Mp, tem GPS, Wifi e um milhão de coisas mais. Mas se você quer usar o telefone para falar, você terá pela frente uma tarefa bastante complicada. O celular simplesmente funciona quando quer.

Os maiores problemas são:

– Reinicia toda hora
– O GPS funciona muito mal, e olha que eles tem o mapa completo da Espanha, com todas ruazinhas, praças, becos, etc.
– É lento de dar dó. Você clica em um ícone e pode ir comer enquanto ele processa. Isso quando o ícone responde. As vezes na hora de dormir, tento colocar o despertador para funcionar e nada. Tem que desligar, ligar e dar a sorte de funcionar.
– O sistema operacional Symbian dá muito pau, mas muito mesmo. Toda hora sai mensagem “Error system”. Pronto, só isso de erro. Ou seja, para descobrir qual o erro, só sendo futurista ou louco.

Também tenho que ressaltar que depois que fiz o update do firmware no site da Nokia, o celular melhou bastante, passou de 30 boots diários para apenas 10. Uma melhora significativa.

Enfim, já vendi o celular. Quando mais precisava falar, ligar para alguém, o bicho não funcionava. Já li em muitos sites que tem bastante gente feliz com o celular e outros que trocaram, assim como eu. Se você tiver a intenção de comprar um N95 8GB da Nokia, muita sorte.

Agência de viagens web 2.0 fatura 445 milhões de euros em 2007

money.jpg 

Ano passado eu comentei da Edreams, uma empresa espanhola 2.0 de venda de viagens online. A empresa foi criada por dois espanhóis e foi vendida por 153 milhões de dólares em 2006 para um grupo de investimentos.

Agora, a empresa lançou o seu relatório anual de 2007 e por surpresa, o faturamento aumentou em 50% em relação a 2006, chegando aos incríveis 445 milhões de euros, segundo publicou a agência de notícias EFE. Como esse faturamento, a empresa é a líder indiscutível do mercado espanhol, ganhando da Rumbo e da Viajar. Lembrando que Edreams tem apenas 8 anos de idade.

A grande diferença entre o Brasil e a Europa em relação a portais de venda de passagens online é que aqui o pessoal viaja muitíssimo, é uma coisa impressionante. Para se ter uma idéia, somente em 2007 passaram 52 milhões de passageiros pelo aeroporto de Madrid, segundo o site oficial dos aeroportos espanhóis.

No Brasil, recentemente foi lançado o Submarino Viagens, que parece, que vai bem. O Rumbo está no Brasil a vários anos também. Eu acho que ainda cabe espaço para mais alguns. A competência sempre é boa.

Starbucks por fim terá Wifi grátis

normal_starbucks-logo-rgb.jpg Já era hora do Starbucks colocar Wi-Fi “grátis” nas mais de 7000 lojas espalhadas pelo mundo. Eles tinha um contrato com a T-Mobile e todo mundo entrava no café achando que a Internet era gratuita, mas nunca foi. Agora, eles terminaram o contrato com a teleco alemã e anunciaram a parceria com a At&T.

A notícia foi publicada no ComputerWorld. Como sabem, a AT&T possui o contrato de exclusividade dos Iphones nos EUA e os Iphones já tem um aplicativo especial para as lojas Starbucks, que permite navegar na Internet, comprar músicas pelo Itunes, etc.

Bom, a notícia é boa mas nem tanto. A rede Wi-Fi só será gratuita (por 2 horas) para quem tem contrato com a AT&T. Para quem não tem, custará $3,95 pelas mesmas duas horas. Pouco a pouco vamos avançado, até que tenhamos Internet grátis para todos.

Meus comentários da Mobile World Congress em Barcelona

mobileworldcongress-3855.jpg 

Fala pessoal. Depois de tanto tempo inativo, aqui estou de volta. Entre viagens ao Brasil de férias e complicações normais de um doutorado, volto a publicar um post para comentar minhas impressões da feira Mobile World Congress, que está sendo realizada em Barcelona, entre os dias 11 a 14 de fevereiro de 2008.

Vamos por partes, já que tem muita coisa para falar. Primeiro, encontrar um hotel em Barcelona um mês antes do evento já era tarefa praticamente impossível. É impressionante como todos (todos mesmo) os hotéis de Barcelona estão cheios. Fui parar em um hotel a 50km da cidade, onde também tinha um monte de gente do congresso.

Pra quem não conhece o congresso, vou dar uma visão geral. O Mobile World Congress, antigamente chamado de 3GSM Congress, reúne mais de 100 mil profissionais do mundo todo, para discutir e mostras as últimas tendências em comunicação móvel.  Ao andar na feira, mais de 95% dos visitantes estão de terno e o idioma oficial é o inglês. O dinheiro rola solto ali na feira viu. Só tem chefão e alto executivo de empresas como Ericson, Yahoo, Microsoft, Nokia, Samsung, etc. Todo mundo de Mecedez blindada e muita festa privada regada a champagne.

Qual o tema mais falado da feira?
Ao andar 2 dias inteiros pela feira, 2 assuntos chamam mais a atenção: Wimax e femtocell. Na feira tinha muito Wimax, mas muito mesmo.  Sobre Wimax, tinha bastante fabricante e o maior stand era o da Intel que aposta tudo por essa tecnologia. Tinha muito fabricante de antenas, ERBs e também de USB Wimax. Mas o maior desejo de todos foi por esse aparelhinho ai abaixo.

nokian96.jpg

Sem sombra de dúvida, o stand mais visitado e mais cheio da feira era o da Nokia, que aproveitou a ocasião para lançar o N96. Que celular, meu Deus.  O celular dispensa comentários.  Ele têm GPS, câmera de 5 Mp, Wifi, Bluetooth, USB, saída para TV eo melhor de tudo, 16 GB de memória interna, além de ter um slot para adicionar chips microSD. Ah, o celular também vem com sintonizador de televisão digital que aqui na Espanha é gratuito. Em resumo, ele é bem mais fino do que o Nokia N95 8GB além de ter um acabamento mais brilhante que o seu antecessor. Preço? 550 euros foi o que disse o cara que me mostrou o telefone.

Alguém deve estar perguntando: e o Iphone? Simplesmente não tinha nenhum stand da Apple. O únicos Iphones que tinham estavam nos stands das operadoras e na mão dos visitantes.

Na feira tem também tinha uns 40 celulares diferentes com a tecnologia TouchScreen, a tecnologia do Iphone. Também tinha bastante stand de companhias chinesas, indianas e coreanas. Os caras vão invadir o mundo mesmo viu.

É possível passar o dia todo na feira sem gastar nenhum centavo já que as grandes companhias servem cocktail o dia todo. Tem cafè, refrigerante, salgados, sucos, cerveja, vinho, etc. Isso de manhã e a tarde. No finalzinho do dia, começam os happy hours e ai a galera se anima. De noite, você têm a difícil tarefa de escolher entre 15 ou mais festas privadas das grandes empresas. Ao conversar com algumas pessoas nas festas, pode-se notar que muitos contratos, parcerias, vendas e acordos são feitos ali mesmos, entre um drink e outro.

Para quem quiser, já faço o convite para o ano de 2009, porque lá estarei novamente, se Deus quiser.